O MONTE RORAIMA é muito mais do que apenas uma montanha,
é um SER. ESTÁ VIVO.

Interage com quem o visita.

Para as pessoas do Bem, ele os presenteia com suas melhores energias.

Quando se retorna desse lugar enigmático, alguns pensam que a viagem terminou…

… Mas é um grande engano, pois é nesse momento que tudo realmente COMEÇA.

É na volta ao cotidiano que o Espírito da Montanha insiste em dizer que, a partir de agora, não dá mais para ser do mesmo jeito de antes;

Que os conceitos de magnitude e finitude deverão ser revistos;

Que os valores como pessoa humana devem ser repensados;

Que as nossas crenças precisam ser elevadas a um nível superior ao da religiosidade ou de doutrinas em que fomos instruídos;

E que viver na superficialidade já não nos preenche mais.

Será preciso mergulhar nas profundezas dos reais valores que nos faz sermos Seres Humanos.

Nos cristais que nos servem de boa vindas no topo do Monte Roraima, percebemos que VIVER é muito mais do que apenas EXISTIR,

mas sim nos entregarmos à vida na sua forma mais simples e plena, sem os apegos materiais que nos consomem tantos dias das nossas vidas.

A partir da volta do Monte Roraima, o cristal mais valioso deve ser trazido dentro da alma, para nos acompanhar na grande caminhada que faremos para o resto das nossas vidas.

Felizes são aqueles que, na sua simplicidade e sapiência, conseguem absorver essa riqueza, numa viagem encantadora.

 

Texto: Joaquim Magno de Souza
Foto: Jorge Macedo

Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*